09_10_blog
Louça de Mesa: Um toque de classe
9 de outubro de 2017
senac
Estiva Refratários em parceria com o Senac
21 de novembro de 2017

Como surgiram os pratos? Confira um pouco de sua história

10_11_blog

Fabricados na antiguidade em cerâmica, madeira, metal, ou pasta de vidro, os pratos, ou bacias, confundem-se com a história da humanidade.

A designação “prato”, no sentido de vasilha individual, surgiu no Século XVI, substituindo a tábua, ou travessa, usada na era medieval para ajudar a cortar alimentos, que normalmente tinha o formato de placa redonda, ou quadrada, que também era fabricada em metal ou vidro, e sobre a qual colocava-se o pão, a fim de absorver o caldo de alimentos sobre ele colocados.

De acordo com relatos históricos, o prato individual (mazarine) foi introduzido na França pelo Cardeal Mazarine (1653), sendo este homenageado pela novidade, que passara a ser referida com seu nome.

Existem registros, devido à pesquisa arqueológica em todo mundo de civilizações do passado, que confirmam terem sido os primeiros pratos fabricados em estanho, prata ou ouro, sendo destinados aos nobres e reis, cabendo ao povo comer em caçarolas.

O prato era considerado símbolo de luxo. A faiança e porcelana foram difundidas, juntamente com as demais peças de serviço de mesa, no reinado de Luis XV.

No final do Século XVIII, os pratos popularizaram-se como utensílio na mesa.

Em 1750, apareceram os pratos cobertos por cima com tampa em forma de sino, ainda notado nos dias de hoje, em restaurantes de alto luxo, dessa forma, outorgando ao prato em questão, e à refeição, um ar de pompa e refinamento inigualável.

 

Tipos de pratos na era atual

Os pratos podem ser feitos de vários materiais: porcelana, plástico, vidro, papel revestido com plástico, barro revestido a vidro, e ocasionalmente de madeira ou pedra. Alguns dos pratos de porcelana têm apenas (ou também) função decorativa. Os tamanhos dos pratos podem variar muito, desde o prato que acompanha a chávena (ou xícara) de café com 12 cm de diâmetro (este tipo de prato costuma-se denominar pires), até um prato com a função de “travessa”, para distribuir os alimentos para várias pessoas, mas, geralmente, o seu tamanho é de 23 cm de diâmetro. Costuma-se diferenciar dois tipos de pratos: o prato raso, para a refeição principal, e o prato de sopa (ou fundo), este mais côncavo e alto para conter líquidos.

 

Comentários estão fechados.